Daqui a cem dias acontece na cidade maravilhosa a famosa Maratona do Rio de Janeiro, o evento que conta ainda com provas de meia maratona e a family run (seis quilômetros), atrai mais de 30 mil participantes de todo Brasil e centenas de outros países.

A maratona do Rio, é sem dúvida a mais bela maratona do Brasil, mas nem de longe isso a torna fácil, aliás, NÃO EXISTE maratona fácil.

A prova em si, se torna menos difícil quando se chega nela muito bem preparado, uma certa vez, num jantar de massas às vésperas da prova, um colega, veio me pedir conselhos de como encarar a prova, quando lhe indaguei sobre como havia sido seus treinos longos, ele com cara de espanto, me retruca: O que são longos??

Na preparação para uma maratona, o volume de treino é crescente e chegará aos 70 ou 100 km semanais (depende do resultado que se deseja na prova). Sem um volume como este, certamente sua prova irá durar mais de 4h30 e posso lhe garantir: VOCÊ VAI SOFRER E MUITO!!!

Eu já fiz 9 maratonas, duas especialmente sofridas: em Berlin, 2011, tive uma crise de estresse no km 23, que me fez travar o pescoço e perder temporariamente a sensibilidade do braço esquerdo, isto me fez arrastar por mais longas 3h30 ous 18 km finais da prova, terminando em 5h21, em 2016 no Rio, um problema familiar na véspera da prova, me desestabilizou e senti muito após os 28 km, novamente, sofri para concluir.

Na maratona não da para brincar com os treinos, pois, mesmo que você uma excelente preparação, fatores alheios aos treinos e a sua vontade, podem prejudicar seu desempenho.

Antes mesmo de se aventurar na maratona, converse com seus amigos e familiares, teus fins de semanas nos próximos 100 dias, ficarão mais curtos, as festas, bom, se tiver festas, terão que ser depois dos longos.

Neste período, você TERÁ que reaprender a se alimentar, você vai precisar comer mais, e no entanto, não vai poder ganhar peso, vai ter que aprender a comer correndo e sem perder o ritmo, por falar em ritmo, vai aprender também (por amor ou na dor) que o ritmo da maratona é outro e bem mais lento.

Outro treino que não deve, de forma alguma ser ignorado neste período é o treino de força, duas vezes por semana com média de 40 minutos cada serão suficientes, caso você não faça, lá pelo km 30 da prova (se você chegar lá), vai querer deixar seus braços pelo caminho.

Compre dois tênis novos para começar esta jornada, se puder, compre 3: Um com drop mais alto e macio para as rodagens, outro mais leve e baixo para os intervalados e um intermediário para os treinos de qualidade e prova.

Neste período, evite provas curtas, se quiser participar, use-as como parte de seus treinos, fazendo seu longo antes, pois a tetntação de correr mais rápido em uma prova de dez km, pode lhe dar a falsa impressão que podes manter o rítmo forte na maratona, e definitivamente, não dá.

No início da prova é entediante se segurar num rítmo quase um minuto mais lento que o que está habituado nos 10 km, mas, cada segundo mais rapido que fizer no começo, será cobrado triplamente nos dez quilômetros finais.

Quer fazer uma boa maratona? Vamos fazer um plano de treino focado para isso?

Eu sou Valdecarlos Santos, Treinador de Corrida, com 09 maratonas, dezenas de meias e incontáveis outras provas, incluindo 7 são silvestres e 8 voltas à ilha de Florianópolis.

personalvaldecarlos@gmail.com

whatsapp
: 65-99222-9364

@coachvaldecarlos